Feirão da Caixa 2018 Porto Alegre RS

Sair do aluguel é o sonho de muitas pessoas não é mesmo? E é por isso que já estamos na 12ª edição é o Feirão da caixa, o maior evento de venda de imóveis do país.

Confira o que é o Feirão da Caixa, quais as expectativas para o Feirão da Caixa 2018 Porto Alegre RS, local, horário, como participar e muito mais, confira tudo o que é importante a não deixe de participar.

O que é o Feirão da Caixa?

O Feirão da caixa, também conhecido como Feirão da Casa Própria, é um evento de venda de imóveis organizado pela Caixa Econômica Federal. O Feirão acontece anualmente e passa por diversas cidades ao longo do país, através do Feirão da Caixa é possível ter acesso à ótimos prazos de pagamento e também às menores taxas de juros do mercado. O foco principal do Feirão da Caixa 2018 Porto Alegre RS é a habitação social.

São imóveis de até R$190 mil cobertos pelo Minha casa Minha vida que é um programa de habitação do governo federal que desde sua criação vem beneficiando milhares de famílias de baixa renda e agora com o Feirão da Caixa poderá beneficiar ainda mais. A dica para quem vai participar do Feirão da caixa é negociar bastante, ou seja, não aceite logo a primeira proposta que os vendedores fizerem, negocie bastante para conseguir ainda mais vantagens.

Feirão da Caixa 2018 Porto Alegre RS – Datas Horários e Local

O Feirão da Caixa vai passar por um total de 14 cidades nesse ano e é claro que a cidade de Porto Alegre não iria ficar de fora, então se você mora em Porto Alegre ou região fique de olho nos horários e datas do evento. A 14ª edição ainda não tem datas nem endereço definidos, porém o evento poderá acontecer no mesmo locas dos anos anteriores, no Centro de Exposições FIERGS que fica na Avenida Assis Brasil, 8.787.

Feirão da Caixa 2018 Porto Alegre RS– Quais documentos levar?

Para participar do Feirão da Caixa 2018 Porto Alegre RS é preciso levar os documentos pessoais como CPF e RG, e também um comprovante de renda, mas fique atento ao tipo de comprovante de renda que você deve levar, isso porque eles podem variar de acordo com a situação do trabalhador, confira:

– Trabalhador autônomo: é necessário levar os últimos extratos bancários, faturas e uma cópia do imposto de renda já com o comprovante.

– Trabalhador registrado: basta levar os três últimos comprovantes de renda.

– Aposentados ou pensionistas: é só levar o último comprovante do benefício.
Lembrando que não é necessário fazer nenhum tipo de cadastro, é preciso somente ir até o local no horário de funcionamento com todos os documentos e pronto para negociar bastante.